Santa Catarina realiza Congregação Estadual de Jovens Líderes

Publicado em 17/02/2019 | Categorias: GNLJ, SCODB | Publicado por: Andrade

 

Foi realizado em Florianópolis, no sábado 9, a I Congregação Estadual de Jovens Líderes (CEJL), que teve como objetivo treinar e capacitar todas as lideranças adulta e juvenil do estado de Santa Catarina, além de estreitar ainda mais os laços de fraternidade já existente entre a Maçonaria e a Ordem DeMolay. O evento ocorreu no Templo Maçônico Unitas, no bairro estreito. Durante o evento promovido pelo Grande Capítulo do Estado de Santa Catarina, (GCE/SC), os DeMolays dispuseram mais do que apenas treinamentos e capacitações desta Instituição Juvenil, mas também, vivenciaram a oportunidade de assistirem palestras sobre Gestão do Tempo, ministrada pelo superintendente do desenvolvimento econômico de Florianópolis, Sr Piter Santana; Legislação da Ordem DeMolay proferida pelo Irmão Arthur Bobsin, Presidente da Comissão do Advogado Jovem da OAB desse estado.

” Em Santa Catarina, sempre tivemos um evento fortíssimo de capacitação que se chamava Conselho Estadual da Liderança Juvenil. Nele, capacitávamos nossos Mestres Conselheiros de forma bem ritualística. Mas com o passar do tempo, sentimos a necessidade de preparar nossos jovens antes mesmo de se tornarem Mestres Conselheiros, principalmente para que estejam mais preparados para assumir o primeiro malhete. A nova Congregação alegra a todos nós do Grande Capítulo do Estado de Santa Catarina, principalmente porque realizamos palestras de peso, envolvendo assuntos do cotidiano acadêmico e profissional de nossos membros. Com esse olhar para o futuro, capacitaremos nossos DeMolays para construírem seus legados”, enaltece o Mestre Conselheiro Estadual, Irmão Silney de Aquino Silva Júnior.

Anteriormente, eventos semelhantes, eram batizados de Conselho Estadual de Jovens Líderes destinado apenas para os Mestres Conselheiros do estado de Santa Catarina. A I Congregação Estadual de Jovens Líderes, realizado no sábado 9, teve como uma de suas principais mudanças, capacitar também os primeiros e segundos conselheiros, bem como as tríades dos Conventos e os Nobres Cavaleiros da Távola Redonda.

 

 

 

Por: Lucas de Azevedo – Jornalista