Capítulo Luzes da Conquista em solidariedade a Brumadinho

Publicado em 04/02/2019 | Categorias: GCE, GNLJ, SCODB | Publicado por: Andrade

O Capítulo Luzes da Conquista nº 325, filiado ao Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (SCODB), em Itaguara, distante 70 km de Brumadinho, município onde uma barragem de rejeitos da mineradora Vale se rompeu em 25 de janeiro, realizou no dia seguinte, uma campanha para arrecadar diversos suprimentos para os sobreviventes desta tragédia ambiental. A ação filantrópica foi feita em conjunto com a prefeitura municipal desta cidade.

A tenda da filantropia deste Capítulo foi erguida na praça Raimundo de Moraes Lara, em Itaguara. A prefeitura local auxiliou com a infraestrutura e também com o transporte para levar as arrecadações recebidas. Os suprimentos arrecadados pelo Capítulo Luzes da Conquista nº 325 foram: Água mineral, colchões, diversas roupas em geral e também suprimentos de higiene básica. Cerca de 15 DeMolays deste Capítulo, incluindo os Seniores, participaram desta solidariedade, no dia seguinte desta tragédia ambiental.

Essa foi a primeira filantropia do Capítulo Luzes da Conquista nº 325 realizada este ano. Eles, juntamente com os funcionários da prefeitura de Itaguara, ajudaram a colocar os suprimentos na Van disponibilizada, no dia 26 e a entrega foi feita em 27 de janeiro, em Brumadinho, no ginásio poliesportivo, sendo recebido pelos voluntários de plantão e também pelo Corpo de Bombeiros.

Em 2015, este Capítulo também realizou campanha filantrópica para a cidade de Mariana, também em Minas Gerais, onde ocorreu uma tragédia ambiental parecida com a de Brumadinho, arrecadando um caminhão de diversos suprimentos para aqueles sobreviventes.

“A sensação de realizar essa campanha filantrópica foi muito importante, pois sentimo-nos da necessidade de ajudar o mais rápido possível os sobreviventes de Brumadinho e também levar o conforto nos corações dessas famílias com as nossas doações. A solidariedade da população de Itaguara me emocionou muito, dando assim uma esperança de um mundo melhor. A cada doação que chegava em nossa tenda, transmitia, uma sensação de missão cumprida”, explica o Mestre Conselheiro, Irmão Jayson Pozzan.

 

Por: Lucas de Azevedo – Jornalista