Templários são homenageados pela Arquidiocese de Manaus

Publicado em 21/05/2018 e alterado em 20/05/2018 | Categorias: Institucionais, SCODB | Publicado por: 90237

Uma celebração histórica foi ministrada em Manaus, na Igreja “Sagrada Família”, no último dia 6 de maio, e representa uma das maiores aproximações das entidades maçônicas e paramaçônicas à Igreja Católica. Tendo sido conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sergio Castrini, e auxiliada pelo Pároco Pe. Charles Cunha, a Missa Templária homenageou a fundação dos Preceptórios Templários, onde reúnem-se em assembleia, e Priorados de Malta, naquele Estado. “O que nos une é muito maior do que nos separa”, frisou o Arcebispo em sua mensagem.

Em sua homilia, Dom Sergio ressaltou a importância das Ordens, tanto para a sociedade, quanto para a Igreja. “Deus é amor, e o caminho do conhecimento é o amor. O amor é sempre uma resposta, principalmente a Deus que nos amou primeiro. A cruz que vocês trazem em suas insígnias e vestes é o sinal do amor de Deus pela humanidade”, menciona.

Quando recebemos o convite para estarmos presentes nessa Celebração, ficamos imensamente contentes, pois entendemos o significado desse evento para toda família maçônica e paramaçônica. Foi um momento especial onde os DeMolays puderam observar as vestes dos Templários amazonenses, por exemplo, e ter contato com eles, o que só aumentou nossa admiração pela história da Ordem”, relata orgulhoso o Irmão Marcelo Dantas, Mestre Conselheiro Estadual do Amazonas da Ordem DeMolay para o Brasil, relembrando o ensinamento do Tio Armando Corrêa, Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil – Amazonas (GOB-AM), quando explicou aos DeMolays sobre o trabalho conjunto realizado pelos Templários e a Igreja Católica, no passado. “Os maçons membros do Preceptório, por exemplo, são pessoas que possuem grande conhecimento histórico sobre a Ordem. A presença deles em nosso estado só tem a agregar à nossa Ordem DeMolay e a torna ainda mais atrativa”, conclui.

Mais de 200 convidados estiveram presentes nessa celebração, entre Maçons e DeMolays, Templários, Filhas de Jó e Arco-Íris, integrantes da Estrela do Oriente, Bodes do Asfalto e das Fraternidades Femininas, além de familiares e membros da Igreja. Autoridades de todas as instituições fizeram-se presentes nesse sublime momento.  “Esse dia torna-se um marco histórico que ficará em nossos corações e deixa visível que nós somos cristãos, somos Cavaleiros de Nosso Senhor Jesus Cristo e que somos servos de Deus”, disse o Tio Jurimar Collares Ipiranga, Secretário de Educação e Cultura do Grande Oriente do Brasil – Amazonas (GOB-AM).

Para o Tio Paulo Henrique Gomes Silva, Grande Mestre Estadual do Amazonas da Ordem DeMolay para o Brasil, a celebração foi um momento de grande felicidade. “Sinto-me honrado em poder fazer parte desse momento de amor e quebra de preconceito. Ver a família maçônica unida, em comunhão com a Igreja, me fez crer que nossa vela da Reverência pelas Coisas Sagradas estava radiante naquela noite que ficará em nossas memórias. Ver os Templários voltando à casa do Senhor foi a coisa mais linda que já vi e sinto-me extremamente feliz em ter feito parte daquele momento”, conclui.