Discurso do GMN no Tributo ao Tio Alberto Mansur

Publicado em 12/08/2012 e alterado em 16/08/2013 | Categorias: SCODB | Publicado por: Rizzi

O Tio Alberto Mansur dedicou grande parte de ·sua vida para consolidar junto à Maçonaria e à sociedade um projeto que já trazia em seu coração há tempos e que se tornou seu projeto de vida e a ele se entregou de corpo e alma ou seja a construção da Família Maçônica.

Entendia ele que uma família não poderia ter esta denominação se nela não estivessem incluídos a mãe, o filho e a filha e pensando nisso trouxe para o nosso Pais a Ordem das Estrelas do Oriente, a Ordem DeMolay e a Ordem das Filhas de Jó, para assim a família estar completa.

Foi incompreendido, por vezes, atacado e injustiçado, mas a despeito de tudo não se quedou e permaneceu firme com os olhos no horizonte, com o coração puro e com firmeza de caráter e propósitos a proporcionar à família maçônica, o que julgamos ser hoje o melhor e mais eficiente trabalho da maçonaria,· a formação e a preparação de nossos jovens DeMolays e Filhas de Jó para o mundo. Provendo-os de valores morais e éticos que os distinguem da maioria dos jovens de hoje.

Acreditava que se trabalhássemos· e educássemos nossos jovens hoje, no presente teríamos ·um bom futuro pois, quando víssemos ·o presente reagir sobre o futuro, pelas forças das coisas, e, sobretudo, quando compreendêssemos a reação do futuro pelo presente; quando, em suma, verificássemos que o passado, o presente e o futuro se encadeiam por inflexível necessidade como o ontem o hoje e o amanhã na vida atual então nossas ideias mudariam completamente, por que veríamos na vida futura não só um fim como também um meio; ·não um efeito distante, mas atual. Então, igualmente essa crença exerceria sem dúvida, e por consequência toda natural, ação preponderante sobre o estado social e a moralização da humanidade.

Este era o idealista e ·visionário Alberto Mansur, que todos, sem exceção devem render homenagens de respeito e tê-lo como exemplo.

Os DeMolay, as Filhas de Jó e as Estrelas do Oriente perdem seu grande incentivador e apoiador, a Maçonaria perde um grande obreiro e líder, a humanidade perde um grande homem, mas a história ganha um de seus mais importantes personagens e o tempo com certeza lhe renderá o valor e o mérito devido.

O Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil não será mais o mesmo sem a presença e o apoio constante dele, mas com certeza trilhará com sucesso os caminhos seguros ·por ele aberto.

Muito obrigado.

Alexandre Volney Rizzi

Grande Mestre Nacional